15 abril 2015
    Tento dormir, juro que tento. Fecho os meus olhos e por 10 segundos é o tempo que eles conseguem se manter fechados. Um silêncio estranho, não tão silêncio se não fosse o barulho do ventilador, mas um ar de lugar solitário predomina o meu quarto. Tão solitário que me dá agonia. Juntamento com o medo vem o calor, cúmplice perfeito para uma noite mal dormida ou não dormida. Olho pro lado, olho pro outro, olho pro teto, só não olho debaixo da cama. Como eu queria o sono tão forte capaz de fechar os olhos e não abrir mais até o dia seguinte, não esse sono que quando deito vai embora. Com a luz acesa? Durmo e durmo muito bem, mas no final do mês quem aguenta, não é mesmo?

2 comentários:

  1. Vitor,
    muito lindo seu texto,querido!
    É assim mesmo que muitas vezes nos sentimos.
    Somos sozinhos na multidão!
    bjus
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  2. Pois é, eu me sinto muito mesmo na multidão.
    Bjs

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Quem sou?

Minha foto
Hiiie manas! Meu nome é Tadashy Queiroz, tenho 21 anos e sou taurino (ui). Segura que a bixa é brava! Amo escrever, amo trabalhar com a área da beleza, amo dançar... amo tudo o que é arte! Sou um amorzinho de pessoa, mas não pede pra repetir o que eu disse que eu viro o bicho rsrs. Sejam bem vindos ao meu mundo, amo ter vocês aqui comigo.
Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Total de Visualizações

Top Postagens